A oportunidade dos equipamentos recondicionados

A necessidade de manter um nível de investimento contínuo nas tecnologias e sistemas de informação é amplamente reconhecida, não só porque há requisitos legais que o podem exigir, mas também porque a tecnologia evolui criando novas oportunidades e desafios.

Ruben Soares
1 de Dezembro de 2016

Um dos desafios é o de as empresas que trabalham no mesmo mercado que nós, evoluírem e tornarem-se mais rápidas que nós a responder aos desafios que esse mercado lhes coloca. E as nossas empresas têm que ir atrás. Têm que manter e ampliar a sua capacidade de resposta que está cada vez mais ligada às ferramentas e soluções tecnológicas que usam e têm disponíveis.

Existem várias estratégias para o conseguir, cada uma com pros e contras, cada uma com contexto de aplicabilidade específicos ou simplesmente de acordo com os recursos financeiros disponíveis à empresa num determinado momento.

Uma das oportunidades, por vezes descurada, tem a com a criação e implementação de planos de manutenção preventiva dos equipamentos de forma a ampliar o seu tempo de vida, ou então pela implementação de upgrades pontuais a esses equipamentos.

Noutra abordagem pode-se optar por explorar soluções SaaS web que normalmente implicam recursos menores no que diz respeito a servidores e mesmo equipamentos pessoais. Cada vez mais esta é uma tendência que se impõe tendo como exemplo disto nomeadamente o Office 365 no que diz respeito a ferramentas de produtividade ou as versões SaaS de softwares de gestão nacionais com o Sage, PHC, XD, só para nomear alguns.

Quando os recursos assim o permitem existe ainda a possibilidade de adquirir soluções novas, algo que será sempre recomendável quando estamos a falar de equipamentos de importância crítica para a empresa, nomeadamente servidores primários, alguns equipamentos de rede e backups, entre outros. Muito embora os investimentos aqui sejam mais avultados, atualmente existem um conjunto de ferramentas e oportunidades que poderão ajudar a operacionalizar estes negócios como algumas soluções de renting de TI ou projetos de apoio do Portugal 2020.

Finalmente, e porque para algumas situações não críticas não necessitamos de um equipamento novo, ou porque um equipamento de nível de entrada para uma empresa pode ser um topo de gama para outra, acreditamos que faz sentido aproveitar oportunidades certificadas de equipamentos recondicionados.

Temos verificado nos nossos clientes que, estes equipamentos, que são submetidos a um processo de funcionamento e certificação por um parceiro autorizado, quando cuidadosamente selecionados e enquadrados nas necessidades especificas dessas empresas, respondem de forma eficaz e financeiramente muito vantajosa, pelo que, são uma solução a ter cada vez mais em conta.

Sejam servidores não críticos, impressoras ou até monitores para aquele equipamento que só ligamos de vez em quando, a opção dos equipamentos recondicionados é algo que faz cada vez mais sentido, principalmente para manter capacidade de investimento noutras soluções verdadeiramente críticas e/ou que o vão ajudar a ter aquela vantagem competitiva que necessitava para se manter à frente do seu setor.

Artigo em formato PDF

Revista Digital Start&Go