A sua equipa poderia ser melhor? Sente que não há equipa mas um grupo de pessoas?

High Play Institute
1 de Março de 2018

A autoridade da liderança baseia-se sobretudo na capacidade do líder em conseguir trazer o talento e as forças de cada um a favor da equipa. Para isso todos têm que entender que trabalhar em equipa não é uma preferência mas uma necessidade. O problema é que não é simples. Trabalhar com os outros é frustrante, os resultados não aparecem de imediato só porque alguém fala, e mesmo que a equipa tenha tido sucesso uma vez, isso não perdura para sempre. A ambição, a colaboração, o poder e as emoções fazem parte da vida de uma equipa e podem levá-la tanto ao sucesso como ao insucesso.

As pessoas são animais de território que trazem instintos competitivos. Por isso o egoísmo é um dos principais inimigos a combater e a ambição da equipa a única ferramenta que a pode ajudar a estar unida. Numa equipa as pessoas podem não ser amigas umas das outras mas têm de se respeitar, complementando as características de cada um para caminharem numa só direção. Construir um clima de confiança sem egoísmos permite que uma equipa ganhe poder coletivo e esteja pronta para caminhar junta. Ao contrário do que pensamos as emoções que alimentam conflitos nas equipas não separam as pessoas. Antes pelo contrário, se forem bem geridas acabam por funcionar como uma boa ‘cola’. Os problemas surgem quando as emoções são escondidas e todos vivem num ambiente de ‘paz podre’.

‘Não perguntes o que os teus colegas de equipa podem fazer por ti. Pergunta o que tu podes fazer pelos teus colegas.’

Revista Digital Start&Go